O Programa

Atualizada em 21/10/20 10:43

PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM AGRONOMIA  – PPGA

(MESTRADO E DOUTORADO)

 

HISTÓRICO

A Escola de Agronomia e Engenharia de Alimentos (EA-UFG) criou, em 1985, o mestrado em Genética e Melhoramento de Plantas, para atender a demanda por cursos de Pós-Graduação na região central do Brasil. Em 1993, o curso foi reestruturado, passando a se denominar Programa de Pós-Graduação em Agronomia, oferecendo os níveis de mestrado e doutorado, com duas áreas de concentração: Produção Vegetal e Genética e Melhoramento de Plantas. No ano de 2004, mais uma área de concentração, a de Solo e Água, foi criada, ampliando-se, assim, a área de domínio do programa e suas linhas de pesquisa.

As linhas de pesquisa em andamento dão um enfoque especial aos diversos aspectos da agricultura desenvolvida na região do cerrado brasileiro, incluindo-se estudos básicos e aplicados sobre este bioma. As pesquisas desenvolvidas e vinculadas ao PPGA contribuem também para a formação e qualificação de pessoal (docentes e pesquisadores), haja vista que o programa encontra-se numa área geopolítica que envolve todo o estado de Goiás, e estados vizinhos como Tocantins, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, além do Distrito Federal. Nesta área de abrangência o PPGA tem absorvido não apenas o fluxo de alunos para pós-graduação, mas também as demandas regionais por intercâmbios e convênios nas áreas de ensino, pesquisa e extensão.

 

OBJETIVOS

O Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPGA) tem como objetivo geral a formação de profissionais altamente qualificados, para atuarem na pesquisa e no ensino superior e na geração de conhecimentos, que contribuam para o desenvolvimento científico e tecnológico em níveis regional, nacional e internacional. Tem como objetivos específicos:

-Qualificar profissionais em nível de Mestrado e Doutorado para atuarem em ensino, pesquisa e extensão, gerando recursos humanos altamente qualificados;

-Desenvolver pesquisa científica básica e aplicada de alto impacto para melhoria dos sistemas produtivos brasileiros;

-Transmitir conhecimentos e tecnologias desenvolvidas paro os sistemas de cultivo garantindo elevação das produtividades e rentabilidade das culturas, visando o desenvolvimento sustentável da agricultura nacional, especialmente no Bioma Cerrado.